Observatório Social: um norte para a ação

Fotolia_57737162_Subscription_Monthly_MEntre as capitais brasileiras, São Luís apresenta os piores indicadores de mortalidade neonatal, infantil e materna. Esta é uma das dezenas de informações disponível no sistema de indicadores do Observatório Social de São Luís, uma iniciativa do Instituto de Cidadania Empresarial do Maranhão que conta com o apoio da Alumar, Fundação Alcoa e Fundação Avina. Realizado desde 2009, o trabalho reúne um conjunto de 75 indicadores urbanos e intraurbanos apresentados em uma série histórica e, sempre que possível, compara o desempenho da capital maranhense com as demais do país.

A coleta de indicadores sociais, a produção e a disseminação de conteúdo visa dotar de instrumentos técnicos a atuação da sociedade civil no processo de mobilização de atores para a intervenção na construção de políticas púbicas. Em suma, o ICE-MA propõe a utilização desse levantamento, sua organização e discussão como uma ferramenta operacional que possibilite o monitoramento da realidade social por uma ampla rede de atores e que, por consequência, possam contribuir com as transformações sociais que se fazem necessárias.

Os indicadores sociais são um norte para a tomada de decisão. Como modelos simplificados da realidade, eles facilitam o entendimento dos fenômenos sociais. Conhecê-los em suas particularidades, entender que os mesmos indicadores se comportam de forma diferente quando vistos sob um ponto de vista mais local, é uma percepção que ganha cada vez mais força no trabalho do ICE-MA.

Em 2013, mais um salto foi dado no sentido de se conhecer profundamente essa realidade interna, nos seus detalhes pormenorizados, territorializados. Foi lançado o Diagnóstico Social do Itaqui-Bacanga, com 45 indicadores. Além disso, foi realizada pesquisa de percepção e entrevistas com cerca de 420 pessoas, assim como realizados dois seminários de discussão e validação dos resultados com a comunidade. Também fruto desse trabalho foi lançada este ano uma publicação imprensa que contou com o apoio da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP). Na mesma linha de coleta de micro dados, este ano o trabalho está sendo ampliado para o bairro do Coroadinho.

A contribuição do ICE-MA na coleta e organização de indicadores sociais encontra eco na sua própria missão que é a de “contribuir com o desenvolvimento sustentável do estado, construindo relações intersetoriais que favoreçam a equidade social e a participação cidadã.” Como uma instituição que se propõe ao amplo diálogo e construção de parcerias, tanto o Observatório Social de São Luís quanto o Movimento Nossa São Luís, este visando o monitoramento de políticas públicas e incidência política, são possibilidades de construção social partilhadas que se abrem tanto ao poder público quanto às empresas e às instituições da sociedade civil organizada.

Conheça a serie histórica dos indicadores em: http://www.nossasaoluis.org.br/site/indicadores/